Insira um termo para a pesquisa e pressione Enter

Sono – o segredo de uma empresa de sucesso

6 dezembro 2018 / Bem-estar corporativo

O Dr. Stuart Quan é o professor McGinnis de medicina do sono da Harvard Medical School e consultor especializado do nosso módulo Sono. Aqui, o Dr. Quan fala sobre a saúde do sono e o desempenho no local de trabalho.

Oito, seis, dez – quantas horas você realmente precisa dormir?

Para adultos, recomenda-se dormir pelo menos sete horas. Os bebês, crianças e adolescentes devem dormir mais.

Por que o sono dos funcionários deve ser uma questão abordada pela empresa?

Existem algumas razões:

  • Em primeiro lugar, porque a deficiência de sono reduz a produtividade. Também aumenta o absenteísmo e o presenteísmo – o fenômeno no qual os funcionários estão presentes no trabalho, mas apresentam menor eficiência. Isso acontece porque a deficiência de sono interfere, entre outras coisas, na motivação, no humor e na concentração.
  • A segurança no local de trabalho também é um ponto importante. Em algumas ocupações, a deficiência de sono pode aumentar a probabilidade de acidentes, envolvendo os próprios funcionários que não dormem bem, ou outros. Essa é uma situação que envolve o setor de saúde.
  • Finalmente, é preciso considerar a saúde do funcionário individualmente: a deficiência de sono aumenta o risco de hipertensão, doenças cardíacas e diabetes.

Todas essas coisas podem ser melhoradas com a melhoria do sono.

Como os empregadores podem promover hábitos saudáveis em alguma coisa tão particular quanto o sono?

De muitas maneiras. As empresas podem promover o sono das seguintes maneiras:

  • Programando horas de trabalho que possibilitem um bom horário de sono
  • Promovendo uma cultura na qual o sono seja valorizado e que demonstre que longas horas de trabalho, em troca de um tempo menor de sono, são contraproducentes.
  • Permitindo pausas para um cochilo quando apropriado
  • Não incentivando a verificação de e-mails durante a noite e nos finais de semana
  • Fornecendo informações sobre o sono e avaliações referentes a distúrbios do sono

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *