Enter search term and hit Enter

Presenteísmo no local de trabalho

fevereiro 10, 2017 / Engajamento dos funcionários

Pesquisas recentes mostram que ao investir no bem-estar dos seus funcionários, você transforma sua empresa desde a base influenciando o engajamento, a produtividade e a cultura. No entanto, se os funcionários não estiverem prontos ou capacitados a apresentar o melhor desempenho ao comparecem ao trabalho, a produtividade e os resultados não serão satisfatórios.
O presenteísmo no local de trabalho é uma preocupação cada vez maior para os empregadores. O presenteísmo é um problema que podemos administrar com eficiência e podemos influenciar o local de trabalho compreendendo que existem momentos difíceis na vida e que a nossa melhor solução para isso é desenvolver uma força de trabalho resiliente.

Uma pesquisa realizada recentemente com 2.000 funcionários mostrou que, em média, eles faltam ao trabalho apenas 4 dias por ano devido a doenças, mas que comparecem ao trabalho sem estarem em plena forma com uma frequência 10 vezes maior, o que gera custos de trilhões de dólares para as empresas.

Presenteeism-in-the-workplace-paperPara saber como enfrentar o problema e reduzir o presenteísmo em seu local de trabalho, baixe o nosso artigo
Presença sem produtividade
veja a análise feita por cientistas especializados em comportamento e dados que o ajudará a entender a razão pela qual seus funcionários podem não estar trabalhando com suas capacidades totais e descobrir maneiras de enfrentar esse problema cada vez maior. Nesse relatório, redigido por cientistas especializados em comportamento e dados, você descobrirá:

    • O impacto que o presenteísmo exerce sobre os resultados da sua empresa
    • Como planejar a abordagem dos desafios psicológicos que seus funcionários enfrentam
    • Sinais de que seus funcionários precisam de ajuda
    • Como tratar a causa e não os sintomas
    • Os quatro principais problemas de presenteísmo enfrentados pela sua força de trabalho
    • Como virar o jogo em sua empresa

“Conforme o bem-estar psicológico melhora, observamos redução nos níveis de presenteísmo. Está na hora de mudar a abordagem”, de acordo com o Dr. David Batman, membro do comitê consultor científico do Instituto Virgin Pulse. “Precisamos parar de nos concentrar em quantos dias as pessoas estão deixando de trabalhar por motivo de doença e concentrar nossas energias no que os funcionários fazem quando estão presentes no local de trabalho. Precisamos criar um cultura na qual nossos funcionários se sintam capacitados a fazer escolhas inteligentes que os ajudarão a manter o equilíbrio em suas vidas e a se tornarem mais produtivos. Contar com funcionários mais felizes, mais saudáveis e menos estressados não é somente um resultado humano excelente, como também oferece benefícios diretos para a empresa.”

As empresas que investem em soluções de bem-estar para os funcionários desenvolvidas para promover mudanças diárias e sustentáveis no comportamento produzem resultados de valor significativo no longo prazo para a saúde, a produtividade e o engajamento da força de trabalho. Saiba mais sobre o presenteísmo e como abordar esse problema em sua empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *