Insira um termo para a pesquisa e pressione Enter

Idade e mudanças na força de trabalho: 3 dicas para planejar e se preparar

29 novembro 2017 / Bem-estar corporativo

A geração Y (Millennials)1 recentemente ultrapassou a geração X2 e agora compõe a maior parte da força de trabalho nos EUA, de acordo com o  Pew Research Center.

Mas para essas duas gerações – e cada vez mais para a geração baby Boomers3– a opção de se aposentar cedo não está disponível.

mudanças na força de trabalho

O Dr. David Batman – consultor de saúde ocupacional internacional da Virgin Pulse e médico especializado em saúde ocupacional com mais de 40 anos de experiência – disse: “As mudanças na expectativa de vida e a instabilidade econômica fizeram com que os trabalhadores mais velhos não pudessem se aposentar tão cedo quanto imaginavam.”

“Os funcionários jovens também podem esperar trabalhar até os 75 anos. Portanto, essa situação levanta duas perguntas para os empregadores: como você vê a vida de trabalho mais longa e, com isso em mente, como incentiva os seus funcionários a se manterem saudáveis?”

Os gestores, particularmente da área de RH, precisam abordar essas questões de mudanças das faixas etárias. É um equilíbrio; seus planos de ação precisam estabelecer uma conexão entre diferentes gerações, mas ao mesmo tempo é preciso atender às necessidades e circunstâncias exclusivas de cada funcionário.

Este é um desafio muito grande e importante. As empresas que conseguirem superá-lo terão sucesso com a combinação de funcionários jovens que serão treinados e guiados por membros mais maduros da força de trabalho.

Apresentamos aqui uma lista de aspectos a serem considerados na gestão da força de trabalho em transformação:

Evite as suposições

É importante desafiar ideias pré-concebidas sobre os funcionários de cada faixa etária. Os funcionários mais velhos são frequentemente sujeitos a estereótipos sobre saúde, desempenho e níveis de engajamento.4  No entanto, 48% dos participantes do Global Challenge têm 41 anos de idade ou mais5 e os nossos dados mostram consistentemente que as pessoas que fazem parte desse grupo estão entre as mais produtivas e engajadas de suas empresas.

Estabeleça a conexão por meio da saúde

Existem várias maneiras de reunir as gerações. Conectar essas gerações pela saúde é a maneira mais lógica se a meta for apoiar uma vida de trabalho mais longa. Aqui é o lugar onde você atingirá o equilíbrio entre o alcance universal e as necessidades específicas de cada faixa etária. No entanto, isso não significa que é necessário criar uma estratégia fragmentada e cara. O programa Virgin Pulse Global Challenge, por exemplo, inclui dieta, nutrição, sono e bem-estar psicológico e oferece uma única solução para muitos funcionários.

Defina os desafios específicos de cada faixa etária

A melhor maneira de evitar suposições sobre as necessidades dos funcionários é descobrir quais são os desafios específicos de cada faixa etária. Os seus promissores funcionários da geração Y estão se exercitando e se alimentando bem conforme se estabelecem em suas carreiras? Os funcionários com famílias precisam melhorar o sono? Os funcionários maduros estão monitorando os riscos de seus problemas de saúde, como pressão alta e diabetes tipo II que aumentam com a idade? As informações do diagnóstico são cruciais para ajudar os clientes a identificar quais são as necessidades. Esse conhecimento deve servir de base para a sua estratégia também.

Deseja engajar trabalhadores de todas as faixas etárias, localizações e departamentos? Baixe o nosso artigo, O que as pessoas de cada faixa etária querem com relação ao bem-estar.

_________________________________

1 Nascidos entre 1984 – 2004.

2 Nascidos entre 1965 – 1984

3 Nascidos entre 1946 – 1964

4 UnumProvident. Health and productivity in the ageing American workforce. UnumProvident Corporation.

5 pesquisa realizada antes do evento Global Challenge de 2016

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *